IKANATON no Amazon!Confira!

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Colegas doam 350 dias de folgas para pai cuidar da filha com câncer

ReproduçãoReprodução

As piores notícias possíveis podem ser acompanhadas de surpresas positivas que nós nem imaginamos. Foi o que aconteceu com um homem que vive em Aumale, na França.

Casado com Marine, Jonathan Dupré vivia uma vida normal até ser abalado pela notícia de que Naëlle, sua filha de quatro anos, tinha câncer. A doença atacou o rim da menina e agiu de forma bastante rápida.

Só não mais rápida do que os colegas de trabalho de Jonathan. Operário em uma fábrica de vidro, ele ganhou 350 dias de folgas como presente das pessoas que dividem o ambiente de trabalho com ele. Desde 2014, uma lei francesa permite esse tipo de doação entre trabalhadores locais.

Os funcionários se uniram e cederam dias de folgas e férias que possuíam para que Jonathan pudesse ficar mais perto da filha. Após ser operada, ela passou por um longo período de internação caseira, na qual precisava de todos os cuidados.

Ao saber da situação da filha, Jonathan se desesperou. Não poderia ficar em casa pois tinha 
“queimado” suas folgas nas sessões de quimioterapia e nas idas a exames. Foi então que os colegas resolveram fazer a surpresa para ele.

“Soube pelo correio do que eles tinham preparado para mim e fiquei muito emocionado. Foi um peso enorme que acabaram tirando de cima de mim e da minha mulher, pois aí não tivemos problemas para realizar tudo o que precisamos”, afirmou Dupré.

Após todo o carinho que o pai conseguiu dar para a filha nesse período, a pequena Naëlle se recupera bem. O câncer já está em regressão e ela, inclusive, começou a sair de casa voltando para escola. O pai deve voltar a trabalhar em breve e, então, poderá finalmente agradecer seus colegas de trabalho. Ou melhor, seus amigos de trabalho.