Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

sábado, 23 de setembro de 2017

Entrevista Solange Baliski


Nome Entrevistadora: Ro Storch
Obra publicada da autora: A Menina Misteriosa

Boa noite, amores! 
Conhecam um pouquinho mais  da Autora Solange baliski!

Entrevista:

Primeiramente gostaríamos que falasse um pouco mais de você.Nome,idade essas coisas básicas, se trabalha, estuda ou se dedica inteiramente aos livros, quais seus sonhos? 

  Sou Solange Baliski, tenho 25 anos. Sou casada e tenho uma filha de 4 anos. Não trabalho, por opção. Prefiro dedicar-me a ter o maior tempo com minha filha e como dona de casa. 
     Quanto a meus sonhos: já realizei um, que é ver meu nome na capa de um livro. Outro sonho que tenho é ver, na televisão, uma novela escrita por mim.

1-Como surgiu ideia de criar seu livro?

Sempre gostei de escrever. Aos 12 anos, comecei a escrever em diários. (escrevo até hoje) Sempre que não tinha nada para fazer, eu escrevia qualquer coisa: músicas conhecidas, cartas... Foi assim a partir dos 13 anos. Já me peguei até escrevendo histórias de minhas paixões platônicas. Sempre fui romântica. Aos 14 anos, comecei a ler romances com frequência. (aqueles da coleção Júlia, Sabrina, Bianca...) Certa vez, me veio uma vaga ideia de como seria um romance daqueles escrito por mim, mas foi somente uma possibilidade que me ocorreu. Foi só aos 15 anos, durante uma brincadeira, que criei uma história curta, a qual todos os que leram gostaram. Logo me surgiu a vontade de criar uma história longa, e então não parei mais, finalmente tendo a certeza do que eu realmente queria.



2-Cite para nós uma frase, uma palavra ou até mesmo um parágrafo que mais gosta em seu livro?

“¬– Pare, por favor. – ele disse.
Ela parou e pôs-se a olhá-lo.
– Por quê? – ela perguntou, com um sorriso – Você é virgem?
Alan ficou sem jeito.
– É que... – ele tentou se expressar.
Ela soltou um risinho.
– Não precisa responder; eu já entendi.
Ela chegou pertinho do seu ouvido e sussurrou-lhe:
– Eu te conduzo. Você não vai precisar fazer nada, só me acompanhar. – e beijou-lhe suavemente o pescoço.”

3-Uma frase importante em sua vida? 

“Ás vezes choramos. Não porque somos fracos, mas porque passamos muito tempo sendo fortes.”

4-Cite motivos pelos quais os leitores devem ler seus livros? 
Porque eu escrevo pensando neles. É um trabalho que faço com todo o carinho para que seja algo agradável de ler e inesquecível para os leitores.


5-Escrever sempre foi um sonho? 

Desde os meus 15 anos. Nunca parei de sonhar com isso. 


6-Uma história que você considera maravilhosa e se inspirou um pouco no autor?

Rede de Sedução, da autora Penny Jordan.


7- O que os leitores sempre podem esperar de suas histórias? 

Detalhes. Não abro mão deles, para dar ao leitor espaço para a imaginação.

8-Criticas construtivas são sempre bem vindas?

Depende do modo como a crítica é feita. Acho que tem que ter um jeitinho para este tipo de coisas.

9 - Tem algumas dicas para nossos leitores escritores? Como faz para vencer o bloqueio criativo? 

Acho que a criatividade é algo que vem naturalmente. O segredo é não forçar, pois nada forçado fica bem. Uma boa história tem que ser escrita com calma, no tempo certo. A pressa é inimiga da perfeição.


11– Qual a pior ação de um escritor na sua opinião? 

A pior ação de um escritor é ter um comportamento que não esteja de acordo com sua personalidade. Independentemente de qualquer coisa, a pessoa tem que agir de acordo com o que ela é.


12- Qual sua opinião em relação a leitura de livros em formato PDF? 

Acho legal incentivar a leitura a este ponto, mas particularmente, prefiro o livro impresso, pois nada melhor do que pegar um livro, senti-lo em minhas mãos, virar as páginas, ter na estante...


13 – Algo que te deixe muito triste no mundo literário? 

O  preconceito, em relação a certos gêneros de literatura.


14 -  Qual sua opinião em relação ao preconceito literário? 

Respeito é bom, e todo mundo gosta. Cada um tem sua opinião, e respeitar cada uma é fundamental.


15 – O quê mais te irrita em grupos literários? Independente da plataforma que ele seja. 

Pessoas egoístas.

17 – Qual o pior tipo de divulgação que você já viu, que te afasta do livro ao invés de intriga-lo a lê-lo?

Divulgações com frases que fazem a história parecer muito comum. Acho que, por mais que a história seja comum, o autor tem que divulgar de uma maneira que impressione. 


18 – Se pudesse escolher uma editora para publicar seus livros. Qual seria? 

Nenhuma em específico, no momento.

19 - Uma das grandes polémicas literárias são os livros clichês. Qual a sua opinião sobre isso? Gosta de livros que abordam esse tema? 

Nada contra, mas eu prefiro ser pega de surpresa nos livros. Acho que fica mais emocionante quando não temos a mínima ideia do que nos espera.

Agora para finalizar deixe um pequeno recado a nossos leitores! Obrigado por participa sucesso com suas obra!

Estou feliz com o início da minha carreira de escritora. Quero agradecer aos leitores que já adquiriram meu livro. Escrevi-o com muito carinho, pensando na satisfação dos leitores ao lê-lo, e pretendo escrever muito mais!

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Em breve No Amazon!