IKANATON no Amazon!Confira!

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

A ciência confirma que a aparência não é tudo

Você conhece o ditado: “A beleza está nos olhos de quem a vê”? Bem, esse ditado nunca foi tão verdadeiro como agora.
image
Foto: iStock
Lembra quando você esteve caidinha por algum bonitão e quando finalmente conseguiu conquistá-lo teve uma enorme decepção? Você deve até ter se perguntado o que viu nele, certo?
Bem, agora a ciência tem a resposta para sua pergunta.
Depois de avaliar 167 casais que haviam estado juntos por períodos entre 3 meses e 58 anos, os pesquisadores avaliaram cientificamente o grau de atratividade de cada participante e compararam os resultados entre si.
O que eles descobriram?
Os casais que se uniam logo depois de se conhecerem tinham em comum uma aparência atraente, enquanto que aqueles que levavam mais tempo (ficavam amigos, saíam em encontros casuais), apresentavam diferenças em termos de aparência.
Para resumir, o estudo constatou que a atratividade muda quando conhecemos alguém mais profundamente. Afinal de contas, a raça humana não é tão superficial como pensávamos.
“Dedicar mais tempo para conhecer bem alguém, pode favorecer fatores como a compatibilidade dessa pessoa com o parceiro em um relacionamento mais profundo. Além de evidenciar outros fatores que desviam a atenção de suas características mais visíveis como seu grau de atração física, por exemplo,” afirmou Lucy Hunt, uma pesquisadora da Universidade do Texas.
“Ou, talvez a outra pessoa realmente se torne mais atraente aos olhos de quem a vê justamente devido a esses outros fatores.”
E quanto ao bonitão? Pode até ser que ele tivesse um rostinho bonito e bíceps fortes, mas sua personalidade com certeza NÃO tinha nada a ver com você.