IKANATON no Amazon!Confira!

quinta-feira, 9 de abril de 2015

ESCÂNDALO: Tabloide revela encontro do Príncipe Charles com a suposta filha secreta da Princesa Diana

Tabloide revela encontro do Príncipe Charles com a suposta filha secreta da Princesa Diana - Getty Images 


Segundo o tabloide americano Globe, o Príncipe Charles confrontou a mulher que diz ser a filha secreta de sua ex-mulher, a falecida Princesa Diana. O encontro foi arranjado sob estrita segurança durante a recente viagem de Charles aos Estados Unidos com sua esposa, Camilla Parker-Bowles.
Mas foi flagrado por uma câmera de segurança, e agora o Palácio está tentando esconder o encontro - e a foto - do mundo.
A mulher, conhecida como Sarah, conheceu Charles em Louisville, após ele ser convencido pelo Príncipe William de que ela poderia ser uma filha que ele nunca conheceu. 
 
Mas uma fonte disse que ele tratou a moça de 33 anos como 'uma qualquer', a chamando de 'interesseira e ofereceu dinheiro para que ela 'sumisse'. A fonte disse que Sarah ficou chocada com o ataque, mas manteve sua posição, dizendo que não queria nada dele, apenas que ele soubesse quem ela era.
 
"Eu sei que você é meu verdadeiro pai e Diana era minha verdadeira mãe", disse Sarah, segundo o tabloide, antes de implorar por um teste de DNA.
 
Naquele momento, a fonte assegurou que Charles ficou muito nervoso: "Isso não faz sentido!". E foi quando Sarah ficou irritada também: "Eu sei que você matou minha mãe. Você matou Diana!".
 
"Charles ficou chocado", disse o informante. "Ele ficou parado, depois pensou melhor e foi para o seu carro, disse para o motorista para saírem de lá. Sarah ficou lá chorando".
 
Como foi revelado pela GLOBE em dezembro, a esposa de William, Kate, se encontrou secretamente com Sarah em um hotel em Nova York durante a viagem do casal pelos Estados Unidos em novembro. Naquela época, Sarah disse que acreditava ser o bebê que diziam ter sido concebido antes de Charles e Diana terem se casado.
 
A história é paralela a de The Disappearance of Olivia, um livro de ficção e não-ficção, da autora americana Nancy E. Ryan. No livro, Ryan diz que em dezembro de 1980,  Diana, ainda virgem e com 19 anos, teve seus óvulos colhidos e fertilizados com o esperma do Príncipe Charles para provar que poderia carregar um herdeiro real.
 
Foi ordenado que os embriões fossem destruídos depois, mas um membro da equipe médica manteve um e implantou em sua esposa, que deu a luz a um bebê chamado Olivia. Entretanto, Sarah nasceu em outubro de 1981, 10 semanas após o casamento de Charles e Diana. Quando ela tinha 20 anos, seus pais morreram em um acidente de carro, e ela descobriu a verdade sobre seu nascimento no diário de sua mãe.
 
"Sarah tentou descobrir a origem do embrião doado, e há dois anos uma mensagem foi deixada em seu telefone dizendo para que ela parasse de procurar", disse uma fonte. "Sarah disse a Kate que ficou tão aterrorizada que se mudou para os Estados Unidos. Ela morava na Nova Inglaterra, mas foi até Kentucky para ver Charles".
 
Depois que Kate contou a história para William, ele acreditou e convenceu seu pai a encontrar Sarah.
 
"A verdade é que Charles ficou chocado em ver como Sarah se parece com Diana na aparência e nos gestos", disse a fonte. "No fundo ele suspeita que ela é sua filha, mas ele nunca vai admitir. E ele não vai fazer teste de DNA", afirma o informante à reportagem da revista Globe.
 
Fonte: ofuxico.com