Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Tenho atração por meninas de 4 anos de idade, declara homem ao buscar ajuda na TV

EDDIE DIZ QUE NUNCA SE RELACIONOU COM CRIANÇAS, MAS SENTE DESEJO (Foto: REPRODUÇÃO/YOUTUBE)

Britânico afirma em documentário que faz terapia para se livrar do desejo por crianças. Seus sentimentos surgiram quando estava na faixa dos 20 anos

Um homem de 39 anos de idade identificado apenas como Eddie admitiu na TV se sentir atraído por crianças ao buscar ajuda contra o desejo. Sua declaração, que já está causando muita polêmica, será transmitida em um documentário no exibido no Reino Unido pelo canal Channel 4.

"Preferia não ter estes sentimentos e atrações, mas os tenho e é difícil. Tem uma idade que sinto [mais] atração e que começa, dependendo da pessoa, aos cinco anos. Quatro, cinco, seis", disse no documentário intitulado de "The Paedophile Next Door".
Seus sentimentos começaram a aflorar aos 20 anos, mas o britânico afirmou nunca ter praticado nenhum ato ilícito com menores. "Muitas pessoas concluem que pelo fato de me sentir assim irei abusar de uma criança. Certamente não quero fazê-lo"
Ian McFadyen, 49, uma vítima de abuso sexual durante a infância foi convidado para conhecer Eddie durante as filmagens. Ele disse que se o encontrasse no passado, não seria complacente. "Há 18 anos eu era bem violento e teria tentado te matar".
 
Algumas organizações da sociedade civil já se posicionaram contra a veiculação do programa, como a associação de pessoas que sofreram abuso na infância do Reino Unido, NAPAC. "As vítimas ficariam ofendidas com o filme, porque [a emissora] deveria dedicar seu tempo e recursos para ajudar pessoas que foram abusadas quando crianças", disseram ao "Daily Mail".
Mas o cineasta responsável pelo documentário Steve Humphries, 39, defendeu a produção do filme. "As pessoas provavelmente dirão: 'Por que este cara não está preso? Deveríamos matá-lo'. Eu, juro por Deus, não irei fugir, se é o que querem. Venham e faça, porque o que estão fazendo neste cenário é manter o status quo".
O objetivo do programa, segundo seus criadores, é levantar a discussão se o Reino Unido deveria seguir o exemplo da Alemanha e oferecer tratamento para pedófilo confessos, pois segundo uma pesquisa, 1 a cada 50 homens poderia sentir atração sexual por crianças.