Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

domingo, 23 de agosto de 2015

A PSICANÁLISE DOS CONTOS DE FADAS por Danka Maia

A PSICANÁLISE DOS CONTOS DE FADAS






    Os que não encontram significado nas suas vidas perdem o gosto de viver e entram em depressão: a vida, para eles, perdeu o sabor, não possui o mínimo dos significados.Há todo um processo para a compreensão do significado da vida e que se inicia na mais tenra infância e não subitamente.A compreensão deste significado nos conduz á maturidade psicológica.

Os pais,na sua grande maioria, exigem que as suas crianças pensem como eles pensam se esquecendo de que este é um processo gradativo que se inicia na infância.É o mesmo que se exigir da criança que comande o crescimento do seu corpinho, imediatamente.
Uma das tarefas primordiais entregues aos pais é a de ajudar os seus filhos a encontrarem significados na vida.Com o seu desenvolvimento centrado no melhor entendimento de si mesma,a criança se capacita para uma melhor compreensão em relação ás pessoas e ao seu meio ambiente.A criança necessita,urgentemente, do PENSAMENTO MÁGICO contido nos " Contos De Fadas" que falam "dos problemas interiores dos seres humanos e sobre as soluções corretas para seus predicamentos em qualquer sociedade", diz um psicanalista especializado em crianças problemáticas.

"Os "Contos De Fadas" são significativos para a criança que ainda não consegue compreender o sentido dos conceitos éticos abstratos.Eles trazem mensagens á mente consciente, á pré,consciente e á inconsciente,em qualquer nível que a mente esteja funcionando no momento.Lidando com problemas humanos universais,particularmente os que preocupam o pensamento da criança,estas estórias falam ao ego em germinação e encorajam o seu desenvolvimento,enquanto aliviam as pressões pré-conscientes e inconscientes.À medida que as estórias se desenrolam, dão validade e corpo ás pressões do id, mostrando caminhos para satisfazê-las e que estão de acordo com as requisições do ego e do superego. " Dr. Bruno Bettelheim.

E o Dr. Bettelheim prossegue: " A mensagem dos "Contos De Fadas" transmitem o seguinte recado ás crianças e de uma forma múltipla : que uma luta contra dificuldades graves na vida é inevitável,é parte intrínseca da existência humana - mas que se a pessoa não se intimida mas se defronta de modo firme com as opressões inesperadas e muitas vezes injustas,ela dominará todos os obstáculos e, ao fim, emergirá vitoriosa."

A PERPLEXIDADE EXISTENCIAL

Aprendendo e sabendo o que acontece dentro do seu " eu inconsciente ",quando vai enfrentar as "dores" do crescimento psicológico : decepções narcisistas , dilemas edípicos, rivalidades com os irmãos, dependências mantidas desde a tenra infância, a criança precisa se cercar dos sentimentos de auto- avaliação e de individualidade além de um sentido de obrigação moral.Como uma criança realizaria estas façanhas ?
Através da sua fantasia, quando se perde nos seus devaneios a respeito do que disseram ao seu inconsciente os heróis das estórias de fadas.A criança irá adequar ás pressões do seu inconsciente ás suas fantasias conscientes o que irá capacita-la a lidar com todo este conteúdo.

A FORMA E A ESTRUTURA DOS CONTOS DE FADAS

São um fator importante por fornecerem á criança as bases onde estruturar os seus devaneios e o aprendizado ,de lhes fornecer também um melhor direcionamento á sua vida." Na criança e no adulto,o inconsciente é um determinante poderoso do comportamento."
Quando se consegue que a imaginação trabalhe o material fornecido pelo inconsciente , danos potenciais serão reduzidos e acontecem resultados muito positivos.
Passamos para os nossos filhos imagens muito distorcidas da realidade da vida , nós não lhes ensinamos que somos os únicos responsáveis pelos nossos fracassos ou insucessos.Nós lhes inculcamos a ideia de que todo o ser humano é bom e nenhum deles é agressivo, egoísta, sente raiva ou ansiedade e que estas são algumas das causas de muitos fracassos.A criança SABE muito bem que esta não é a verdade!Ouvindo os pais afirmarem a Bondade Universal e já conhecendo um pouco mais,a criança irá se sentir como se fosse ,ela própria,um monstro fabricado pela natureza...ou que os seus pais mentem e que não pode confiar neles!

A criança tem que aprender que há um lado escuro em todo o ser humano.Freud criou a psicanálise,exatamente,"para capacitar o homem a aceitar a natureza problemática da vida sem ser derrotado por ela ou levado ao escapismo.Só lutando corajosamente contra o que parecem ser probabilidades sobrepujantes o homem pode ter sucesso em extrair um sentido da sua existência."
Os "Contos De Fadas"ajudam á criança a fazer a sua opção sobre quem ela quer ser e facilitam o desenvolvimento ulterior da sua personalidade que irá ser construída.

Os contos de fadas sempre apresentam o desenrolar de uma estória no tempo e no espaço, a qual exprime uma linguagem simbólica de ideias e experiências da alma humana. É uma maneira lúdica de falar sobre assuntos que, muitas vezes são difíceis, assustadores, tristes demais para serem falados de maneira direta.
Para as crianças é a melhor forma de explicar assuntos complicados, porém, não só a elas é útil, já que é da natureza humana usar a linguagem simbólica como forma de entender a vida. Os adultos, muitas vezes, também tem dificuldades em lidar com os acontecimentos reais, então utilizam a fantasia para diminuir suas angustias. Por esse motivo, é importante ler livros, ver filmes, seriados ou até novelas, ouvir músicas e contar estórias para crianças, e porque não, para adultos.




   Estórias conhecidas como Chapeuzinho vermelho ou João e Maria,  se analisadas, vem contar muito mais do que uma simples estória para dormir. Em uma análise de João e Maria é possível ver a jornada de dois jovens a caminho de sua individualidade. Na estória os pais resolvem deixar seus filhos sozinhos na floresta, as crianças, a fim de evitar este abandono, marcam o caminho de volta com pedras e tentam retornar durante a noite para seu lar, quando percebem que não tem como voltar encaram o desafio e enfrentam a bruxa, retornando para casa mais tarde, vitoriosos.
Esse conto simboliza a insegurança de seguir a vida sem a proteção paterna, mostra que os jovens têm que passar por uma fase muito difícil, a adolescência, onde não são mais crianças e devem correr atrás de seu próprio caminho, tentar independência, fazer escolhas, passar por inúmeras dificuldades. João Maria representam dois jovens que aprendem a superar suas dificuldades e retornam para casa trazendo alimento e dinheiro, mostrando que foi possível crescer sozinho.
Como forma simbólica de representar a vida, as estórias têm partes comuns, que pode nos ajudar a pensar sobre seu verdadeiro objetivo, uma dessas partes é a existência de um Herói. Toda estória começa em um mundo normal, que de repente, é remexido, quando algo acontece para mudar as características de determinado indivíduo, o herói. Nem sempre este indivíduo quer mudar, mas é obrigado a isso. Começa então a travessia do mundo normal para o mundo mágico: o herói só pode mudar se seguir em frente.
Num segundo momento de toda estória aparece algo que chamamos de “floresta mágica”. É um mundo mágico, onde o herói percebe que pode fazer mais do que pensava, ele se da conta de suas capacidades e potencialidades. Aqui ocorre um momento chave, onde o herói se percebe como tal, a partir daí começa um momento de reflexão.
No terceiro momento o herói precisa seguir o caminho de volta, porém, agora sendo diferente como pessoa. Aqui acontece a “morte” do herói. É o renascimento do "homem" que foi "herói", ou seja, ele retorna para seu caminho, mas agora com ideias, sentimentos e pensamentos diferentes.
Esses três momentos representam a própria vida humana, é o ciclo da vida, sempre que algo acontece para modificar nosso mundinho também somos modificados e nos tornamos pessoas diferentes, quase sempre melhores, mais maduras.
Por tudo isso as histórias e contos de fadas são tão importantes, para que se possa encontrar uma identificação simbólica, aprender com as dificuldades, buscando melhoria como pessoa, e ver que é preciso sempre seguir em frente, desenvolver e amadurecer. É necessário que cada Herói tenha coragem de viver sua estória e aprenda a crescer dentro dela, tornando-se um ser humano sempre melhor.




 PORTANTO NUNCA DE BUSCAR E VIVER OS SEU PRÓPRIOS CONTOS DE FADAS, COM UM FINAL FELIZ OU NÃO,ELE SEMPRE SERÁ UMA EXTENSÃO DE UMA EXPERIÊNCIA SUA!


Até!