Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Ali

Kaspian Shore

Ali

Havia ali
O cheiro da chuva
Na pedra fria do inverno.
Havia ali
A cor das penas do pássaro
Que se atrasou por esta terra.
Havia ali
Uma casa abandonada
Com os olhos fechados pelos homens.
Havia ali
A dor da tua ausência,
A memória da tua voz,
E a saudade de te falar.

O teu perfume pairava
Sobre as telhas partidas,
Sobre as ervas tombadas,
Na minha pele carente das tuas mãos.

Havia ali
Algo de ti, um pouco de nós.
O ar embebeu-se de mim
E veio à luz a tua imagem.
Havia ali
O que resta de nós
Para poder recordar.
Havia ali
O abandono e a cegueira
De dois corações que se perderam.
Havia ali
Uma ausência,
Um atraso inexplicável.
Havia ali
Uma frieza profunda
Na pedra que deixaste no meu peito.

Mas parti.
Porque ainda ouvia ali
O veludo das tuas palavras
Nos laços que tinhas desfeito.
Dulce Morais