Quem sou eu?

Danka Maia é Escritora, Professora, mora no Rio de Janeiro e tem mais de vinte e cinco obras. Adora ler, e entende a escrita como a forma que o Destino lhe deu para se expressar. Ama sua família, amigos e animais. “Quando quero fugir escrevo, quando quero ser encontrada oro”.

Garoto de quatro anos pega prisão perpétua por assassinatos que “cometeu” com um ano de idade




Um tribunal egípcio condenou um menino de quatro anos à prisão perpétua por assassinato e outras infrações alegadamente cometidas quando ele tinha um ano e meio de idade.
O caso de Ahmed Mansour Karmi causou comoção: um advogado chegou a dizer que ‘este é um exemplo de como não há justiça no Egito’.
Ele foi condenado pelas mesmas infrações junto com outros 115 acusados.
Faisal al-Sayd, o advogado de defesa, disse que o nome da criança havia sido adicionado à lista por engano e que o tribunal falhou por não encaminhar a certidão de nascimento, para provar que o garoto tinha 1 ano de idade na época dos crimes.
Al-Sayd disse: “a certidão de nascimento da criança foi apresentada depois que o nome dela foi adicionado à lista de acusados, mas o caso já tinha sido encaminhado ao tribunal militar e a criança foi condenada à revelia em uma audiência judicial que se seguiu”.
“Isso prova que o juiz nem leu o caso”.
Desde 2013, o Egito tem sido governado por uma ditadura militar. O atual Presidente do país é Abdel Fatah al-Sisi.
Dizem que o número de oposicionistas nas cadeias do Egito já supera 40.000.
Os réus foram todos acusados de quatro crimes de homicídio, tentativa de homicídio, vandalismo e desacato a autoridades. 
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Agora no Blog!

Total de visualizações de página

Danka na Amazon!

Siga Danka no Instagran

Danka no Wattapad

Curta Danka no Facebook!

Seguidores

Danka no Google+

Confissões Com Um "Q" De Pecado

Entrevistas

Danka no Google+!

Danka no Twitter

Danka no Skoob

Seguidores

Arquivo do blog