IKANATON no Amazon!Confira!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Menina de 11 anos faz o parto da irmã no Reino Unido








Quando Tara Knightley começou a sentir contrações na semana passada, seu marido Daniel Burke saiu imediatamente de casa para deixar a filha mais nova na casa da irmã dele.

Entretanto, 10 minutos depois da sua saída, a bolsa de Knightley estourou. “Com base nos meus partos anteriores, eu sabia que depois disso o bebê não demoraria muito a chegar,” disse Knightley, mãe de cinco filhos, do Reino Unido, ao Birmingham Mail. Então Knightley pediu que sua filha mais velha, Caitlin, de 11 anos, chamasse uma ambulância. “Eles estavam dizendo a ela o que fazer pelo telefone.”
Durante as duas horas seguintes, Caitlin seguiu as orientações de como ajudar a sua mãe no parto, e estava lá quando a irmã, Elsa-Monet, nasceu às 7 horas da manhã. “Ela pegou as toalhas e ajudou a remover o cordão umbilical, porque ele estava enrolado no bebê, e ela também ajudou a limpá-la e estimulá-la, pois ela não estava chorando,” Knightley disse.
Como se não fosse ação suficiente para o dia, Caitlin entregou a recém-nascida à mãe e foi para a escola. “Meus amigos e professores ficaram muito felizes e orgulhosos de mim,” disse Caitlin ao Birmingham Mail.
Knightley contou que sua filha estava incrivelmente calma durante o processo. “Quando a cabeça começou a sair, eu pensei comigo mesma ‘Preciso parar de gritar porque minha filha de 11 anos está me vendo,’” ela disse. “Eu estava gritando de dor, mas Caitlin estava muito tranquila”.
A experiência também estabeleceu um vínculo forte e incomum entre as irmãs. “Eu estava um pouco assustada e nervosa no início porque eu nunca tinha visto nada parecido com aquilo na minha vida,” Caitlin disse. “Mas quando a minha irmã nasceu, eu fiquei muito feliz. Eu acho que ela é linda e eu a amo muito.”
Knightley diz que será para sempre grata pela ajuda de Caitlin, e está emocionada pela conexão entre as irmãs. “Eu não sei o que faria se Caitlin não estivesse lá. Eu não conseguiria fazer o que ela fez com a minha idade, imagine então com 11 anos,” ela diz. “Ela tem um vínculo especial com a irmã agora. Ela não consegue deixá-la sozinha e fica falando o quanto a ama.”
O incidente também ajudou a inspirar a menina de 11 anos a seguir uma nova carreira. Ela contou ao Birmingham Mail, “Eu quero ser parteira quando for mais velha.”
(Foto: SWNS)