Boto: O Prazer Vem Das Águas no Amazon!Confira!

sábado, 28 de novembro de 2015

A CIGANA Por Danka Maia






O meu bailado me faz senhora,

 Meu piso é forte vai onde quero.

Trago na ginga os meus traçados,

Nos meus mistérios os sortilégios,

De uma mulher que sabe bem o que quer.



Bate comigo gadjó,                                                       

      Bate comigo!                                  

                 Vem no compasso dos meus pés,                                                   

Que são fiéis ,                                 

As tradições,                                                     

Onde os leões,                                

Viram fiéis!    

                                                      



Roda comigo, vem no meu ombro, olha no meu olho, que aqui que eu te domo!





     Mostra tua força,                                    

                   Vibra teu laço,                                                                                

E faz o que eu faço,                                    

     No gingado dos meus pés!                                                              

Baila comigo!                                      

    Abala os trovões,                                                                

Ignora os grilhões,                                     

Pisa comigo!                                                                 Mostra teus dons!      







Sangue calon é diferente, mescla o ousado,

Não teme o incoerente

 Buli com a rosa, dança com sombra,

 Zomba do riso, tem cheiro de gente.

    Vem cá comigo, meu gadjó!

                                     

Aproveita que a gira logo alcança.



E a tua Dona se vai,



             Sim, tu perderás está cigana.

             

Envolve comigo.



Faz deste derradeiro segundo, teu mundo,



Porque quando se aquietar está batida,



                                                                          Irá com ela meu coração.



Ai Não... Se foi!

E Agora?Espera.

Que a tua alma...



Jaz na minha mão!

Diri Diri Assim Kerdjan-Romanyi Gyipsies







Beijocas Galera!