IKANATON no Amazon!Confira!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Dois suicídios podem estar relacionados a vazamento de dados de site para adúlteros

Dois suicídios podem estar ligados ao roubo e à divulgação de dados do site de encontros para adúlteros Ashley Madison, advertiu a polícia canadense nesta segunda-feira.
"Vamos examinar estas informações", disse o porta-voz da polícia de Toronto, Bryce Evan, em uma coletiva de imprensa.
Polícia investiga relação de dois suicídios com vazamento de dados em site. (Divulgação)Polícia investiga relação de dois suicídios com vazamento de dados em site. (Divulgação)
Mas advertiu que ainda não há confirmação de que as mortes estejam relacionadas à divulgação dos e-mails e dados pessoais de alguns dos cerca de 32 milhões de usuários do site Ashley Madison.
A polícia de Toronto, junto com a Polícia Montada do Canadá, a polícia de Ontário e o FBI americano estão investigando o ataque.
Outros usuários do Ashley Madison foram vítimas de extorsão depois que seus dados foram publicados, acrescentou Evans.
O Ashley Madison é conhecido por seu slogan "A vida é curta. Curta um caso".
O site, propriedade da empresa com sede em Toronto Avid Life Media (ALM), coloca em contato pessoas que buscam ter uma relação extraconjugal.