IKANATON no Amazon!Confira!

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Justiça decide que empresário que arrancou a mão para ser indenizado deve ir para a cadeia

Reprodução/CNAReprodução/CNA

Tem gente que faz qualquer coisa por dinheiro. Qualquer coisa mesmo. Um empresário de Taiwan mostrou o quanto essa frase é verdadeira após arrancar uma de suas mãos apenas para ganhar a indenização da companhia de seguros.

Tudo começou em 2011, quando Hu Chi-yang fez um seguro para suas mãos e, alguns dias depois, informou o seguro que ela tinha sido cortada por um ladrão. O empresário, então, exigiu que fossem pagos os R$ 3,2 milhões estipulados em apólice.

Foi aberta, então, uma investigação envolvendo vários médicos que chegaram à conclusão de que Chi-yang havia arrancado a própria mão. O processo, no entanto, rolou até 2014, quando ele foi condenado à prisão. 

Nesta terça-feira (21) aconteceu a última sessão do julgamento do empresário, que tentou recorrer da decisão de ser preso — e ele ainda esperava conseguir a bolada. Acontece que a Justiça decidiu que ele seguirá preso e que a amputação terá sido em vão. 

Agora, o empresário deverá ficar dez meses preso e voltar para casa sem sua mão e sem seu dinheiro.