Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Americano recebe cartão de Dia dos Pais depois de 20 anos da morte do filho


Duane Schrock Sr. lê o cartão de Dia dos Pais que levou 26 anos para ser entregue
1989, Duane Schrock Jr. residia em Richmond, capital do estado americano da Virgínia.
Naquele ano, ele enviou um cartão de Dia dos Pais para o pai, com quem mantinha pouco contato.
Duane Jr. era homossexual, fato que não era bem aceito por sua família.
Em 1995 ele faleceu, então com 45 anos, vitimado pela AIDS.
À direita, Duane Schrock Jr.No mês passado, dias depois do Dia dos Pais – celebrado no 3º domingo de junho nos EUA –, o correio da Virgínia entregou na casa de Duane Schrock Sr. o cartão que seu filho havia postado 26 anos atrás.
O senhor, que atualmente tem 87 anos, não acreditou quando viu o envelope, repleto de selos e carimbos que mostravam que ele havia sido enviado e devolvido diversas vezes.

O homem havia se mudado por todo o país, e aquele cartão parecia nunca chegar a tempo de encontrá-lo antes que mudasse novamente de endereço.
Falando de seu relacionamento com o filho a um canal de TV, o Sr. Duane contou que as coisas “às vezes ficavam tumultuadas” entre eles.
Mas receber aquele envelope, 20 anos depois da morte de Duane Jr., foi um sinal do céu de que seu filho está bem.
O conteúdo do cartão, escrito à mão, diz apenas:
“Querido Pai,
Não temos nos falado ultimamente.
Estou indo bem e sou muito feliz em Richmond.
Gostaria de saber sobre você.
Tenha um feliz Dia dos Pais.
Com amor, Duane”
FONTE(S) 
IMAGENS