Boto: O Prazer Vem Das Águas no Amazon!Confira!

domingo, 5 de abril de 2015

Condenados por homofobia, dois homens se casam na primeira união gay feita na prisão na Inglaterra

Mikhail Gallatinov e Marc Goodwin, que cumprem pena de prisão perpétua pelo assassinato de homossexuais, se casaram em cerimônia privada na prisão de Full Sutton, na presença de apenas quatro familiares; eles não poderão dividir a mesma cela

Marc Goodwin e Mikhail Gallatinov são o primeiro casal do mesmo sexo a se casar na prisão na Inglaterra (Foto: Reprodução / Full Sutton Prison)

Dois homens condenados por matar homossexuais se tornaram as primeiras pessoas do mesmo sexo a se casar dentro da prisão na Inglaterra. Mikhail Gallatinov e Marc Goodwin celebraram a união em uma cerimônia de apenas 15 minutos na prisão de Full Sutton, perto da cidade de York.
De acordo com o diário inglês Metro, Gallatinov foi acusado de assassinar Adrian Kaminsky, 28, na cidade de Manchester, em 1997. Ele foi sentenciado à prisão perpétua, com um mínimo de cumprimento de 20 anos de prisão em regime fechado.
Goodwin também foi condenado à prisão perpetua pela morte de Malcolm Benfold, de 57 anos, em Blackpool, em 2007.
Os dois homens casaram em uma cerimônia privada, da qual quatro familiares foram autorizados a participar. De acordo com o jornal, ambos usaram ternos na celebração, custeada pelas famílias. Um comunicado da prisão diz que os dois não poderão dividir a mesma cela.
“Nós sempre deixamos muito claro que se dois prisioneiros querem se casar, os contribuintes não devem arcar com os custos da cerimônia e o casal certamente não será autorizado a dividir a mesma cela”, disse um porta-voz da prisão.

Fonte:Revista Marie Claire