Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

quarta-feira, 25 de março de 2015

Barbie humana faz hipnose para ficar mais burra

 



Quando você acha que já viu de tudo nessa vida, o Mega Curioso entra em ação e traz mais algumas notícias bem bizarras para deixar seu queixo constantemente caído. Duvida? Então viva com isto: uma mulher norte-americana de 38 anos passou a vida fazendo de tudo para se tornar a Barbie humana.
Plástica vai, plástica vem, Blondie Bennett resolveu que a mudança de visual não era suficiente para que sua transformação fosse completa: ela queria entrar de cabeça no estereótipo de “loura burra” e, literalmente, “emburrecer”.

Hipnose

Fonte da imagem: Reprodução/Mirror

Para realizar seu sonho absurdo de diminuir o próprio Q.I., Blondie começou a fazer sessões de hipnose – ao todo já foram 20! – com a finalidade de ficar menos esperta. O esforço está dando resultados e, segundo ela, em declaração publicada no site da Mirror, alguns sinais de burrice já estão aparecendo: a loura está cada vez mais desorientada.
“Recentemente eu fui buscar um amigo no aeroporto e não conseguia lembrar se deveria ir para a ala de embarques ou de desembarques”, comemora a Barbie humana. Se você acha que isso é pouco, saiba também que ela ficou perdida por três horas quando ia até a casa da mãe, onde ela nasceu e passou a infância.
A pergunta que não quer calar é: mas afinal a Barbie era burra? De onde Blondie tirou essa ideia? O preconceito com pessoas louras existe há algum tempo, mas a boneca em questão nunca pareceu desnorteada da maneira como Blondie ficou depois da hipnose.

Um pouco diferente...

Fonte da imagem: Reprodução/Mirror
O objetivo da loura é ser vista como uma boneca inflável – de novo: e o que a Barbie tem a ver com isso? – e, segundo ela, ficar menos inteligente faz parte desse processo. Atualmente desempregada, Blondie paga suas contas e suas cirurgias com o dinheiro que recebe de homens que pagam para vê-la vestida como a Barbie.
Para finalizar, ela já se antecede em responder quem a julga: “As pessoas podem me criticar, mas isso é o que eu sou. Eu quero que minha transformação seja dos pés à cabeça, do lado de dentro e do lado de fora”. E aí, o que você achou dessa história?




Fonte(s)
Imagens