Boto: O Prazer Vem Das Águas no Amazon!Confira!

terça-feira, 24 de março de 2015

A mulher que destruiu o casamento de sua irmã

feat3 


Nem todo casamento tem um final feliz. Rebecca Darnell, de 30 anos, madrinha de casamento de sua irmã, se enforcou algumas horas depois do evento. Ela foi encontrada morta em sua própria casa em novembro do ano passado, ainda usando o vestido que usara no casamento. De acordo com os outros convidados, Rebecca, conhecida por sua família como “Boo”, era uma das pessoas mais animadas da festa.
Mas ela aparentemente brigou com seu noivo e parceiro de 4 anos após a festa, Carlo Salamone, em um táxi a caminho de casa. Carlo disse que ficou completamente arrasado, e planejava se casar com ela esse verão. Ele dormiu no sofá quando eles chegaram em casa após a briga, e ao subir para falar com ela, a encontrou morta em seu quarto, ainda usando as joias e vestido da noite anterior.
3a
Rebecca, a última da direita, ao lado de sua irmã no dia fatídico
Seus parentes ficaram completamente em choque, pois a viram se divertindo bastante na noite anterior. Seu pai, David, disse: “Ela foi a alma da festa. Extremamente animada, dançando, falando com todos… Eu realmente não sei como isso foi acontecer.” Sua tia, Jacqueline, a descreveu como uma pessoa feliz e sem preocupações.
“Ela era uma pessoa que atraía as outras. Você sempre queria falar com a Boo, sempre queria passar um tempo com ela,” disse a tia. “Ela realmente tinha uma paixão pela vida e por todos ao seu redor.” Os testes apontaram que ela tinha bebido mais do que o dobro do limite para um motorista – 162mg de álcool por 100ml de sangue.
3b
Seu noivo, Carlo, disse que eles estavam muito felizes naquele dia, e que, apesar de tê-la visto bebendo vodka, ela não aparentava estar tão bebada. O taxista que levou o casal para casa disse que eles estavam discutindo. Ao ser questionado sobre isso, o rapaz disse que eles brigavam por motivos bobos quando bêbados, mas isso acontecia no máximo uma vez por mês. Eles se conheceram em 2010, através de uma amiga em comum.
E o mais bizarro é que Rebecca estava envolvida em projetos para ajudar jovens dependentes de substâncias químicas, e estudava para terminar o seu Mestrado em Terapia Familiar. “Ela era a minha vida,” disse Carlo. “Eu queria passar o resto dos meus dias com ela.”
3
O motivo do ato ainda é um mistério, mas as autoridades acreditam que ela não tenha nem pensado em suicídio, e estava apenas se ferindo por estar irritada e bêbada, mas perdeu o controle da situação. Uma situação estranha, trágica, e triste. Mas agora você já sabe – mesmo sem dirigir, não beba excessivamente!


Fonte: www.macacovelho.com.br