Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Garoto de cinco anos afirma ser reencarnação de mulher morta em incêndio

 

Quando uma criança aprende a falar, normalmente isso se torna uma grande alegria para os seus pais, mas esse não é o caso da família Ruehlman. Isso porque o pequeno Luke, desde que tinha apenas 2 anos de idade, começou a falar constantemente de uma misteriosa mulher chamada Pam.
A mãe do garoto, Erika, contou em entrevista ao canal americano Fox 8 que, não aguentando mais ouvir as coisas estranhas que ele dizia, perguntou ao menino, já com 5 anos, quem era essa tal de Pam.
A resposta dele certamente foi surpreendente: “Bem, eu era. Ou eu costumava ser, mas eu morri e fui para o céu. Eu vi Deus e, então, Ele me mandou de volta. Eu era apenas um bebê, e então você me chamou de Luke”.

Lembranças de Chicago

Entre outros detalhes, o garoto também contou que quando ainda era Pam, andava de trem por Chicago, a quase 500 km de onde a família Ruehlman vive, em Cincinnati, nos EUA. A família não conhece ninguém que se chame Pam, nem nunca esteve fora de sua cidade natal, o que deixou Erika realmente intrigada.
Pesquisando mais a fundo os fatos, ela descobriu que uma mulher chamada Pam Robinson foi uma das 19 vítimas que morreram em 1993 durante o incêndio do Paxton Hotel, justamente na cidade que o menino parece conhecer tão bem. Contatada pela reportagem do canal Fox 8, a família Robinson se recusou a comentar o assunto.
A história de Luke foi contada no programa de televisão Ghost Inside My Child, do canal Lifetime. A atração costuma ser bem desacreditada por trazer poucas evidências que comprovem os fatos apresentados, mas a família do garoto realmente acredita que ele é uma exceção, sendo um legítimo caso de lembrança de uma vida passada.

Fato isolado?

Outro relato muito parecido com o dos Ruehlman é o de James Leininger, de apenas 2 anos, que sofre com vários pesadelos que lhe permitem narrar cenas de uma outra vida que seria completamente impossível que ele conhecesse, com uma incrível riqueza de detalhes.
Os pais do garoto também buscaram a verdade por trás dos relatos do pequeno James e acabaram descobrindo a história de James Huston Jr., piloto norte-americano que morreu em combate durante a Segunda Guerra Mundial, na batalha de Iwo Jima, em março de 1945.
A narrativa acabou se tornando um livro, intitulado “A Volta - A Incrível e Real História da Reencarnação de James Huston Jr”.
Via EmResumo






Fonte(s)
Imagens