Boto: O Prazer Vem Das Águas no Amazon!Confira!

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Casal faz sucesso na internet ironizando cartazes de manifestantes antiaborto nos EUA

 

Grayson e Tina Haver resolveram levar cartazes com frases nonsense e se misturar a protesto em frente a clínica; "O mais importante do que estamos fazendo é demonstrar nossa solidariedade com as pessoas e famílias", diz ele

                    
Grayson, à esquerda, segura cartaz com a frase "Especialista em direitos das mulheres" enquanto manifestante exibe o cartaz "Bebês são mortos aqui" (Foto: Reprodução / Tumblr)
Muita gente já deve ter se deparado com uma manifestação antiaborto na rua e seus cartazes com mensagens violentas e imagens difíceis de encarar em plena luz do dia. Nos Estados Unidos, onde o aborto é legalizado em alguns estados, os grupos que se denominam pró-vida costumam se reunir próximos a clínicas e, muitas vezes, não hesitam em abordar e intimidar as mulheres que entram ou saem desses lugares.
 
Um casal da cidade de Raleigh, na Carolina do Norte, resolveu usar as mesmas armas –mais uma boa dose de ironia- contra esses manifestantes. Todos os sábados, Grayson e Tina Haver Currin levam cartazes com mensagens tão nonsense quanto “Eu gosto de tartarugas” ou “Tragam de volta a Crystal Pepsi” para fazer frente a frases como “Mulheres grávidas precisam de apoio, não aborto“ e “Bebês são mortos aqui”. Publicadas num Tumblr chamado "Saturday Chores" (algo como "tarefas de sábado"), as fotos se espalharam pela internet.
Tina segura cartaz com a frase "Tragam de volta a Crystal Pepsi" para decepção dos manifestantes antiaborto (Foto: Reprodução / Tumblr)


“Grayson e eu crescemos não muito longe dali e passamos por essa clínica centenas de vezes. Por algum motivo, numa manhã os manifestantes nos incomodaram mais que o normal. Grayson sugeriu que nós fizéssemos um cartaz escrito ‘Hobby estranho’ apontando para eles. Postamos no Instagram e Facebook e as pessoas se encarregaram do resto”, contou Tina ao site Bustle

Grayson escreve para o site de música Pitchfork enquanto Tina é redatora e estategista de criação.  Os dois esperam que o Tumblr possa levar seguidores para os próximos protestos. Grayson diz que a ação fez mais do que “zoar” os manifestantes. “O mais importante do que estamos fazendo é demonstrar nossa solidariedade com as pessoas e famílias que precisam recorrer a uma dessas clínicas, sejam lá as razões que elas tenham”, disse ao site.
Manifestante segura cartaz com a mensagem "Mulheres grávidas precisam de apoio, não aborto"; "Eu gosto de tartarugas", diz cartaz de Grayson (Foto: Reprodução / Tumblr)
"Hobby estranho", diz o cartaz de Tina sobre os manifestante antiaborto que se reúnem em frente a clínica (Foto: Reprodução / Tumblr)