Boto: O Prazer Vem Das Águas no Amazon!Confira!

domingo, 29 de junho de 2014

O Diário de Machine: INCOMPREENSÕES por Danka Maia








 
 
 
 

 

     Pois é Diário, uma unha inflamada me deteve por quase um mês. Sem poder escrever absolutamente nada inédito, e ainda não estou totalmente recuperada. Entretanto, e sempre há esse bendito MAS, eu sou uma pessoa que consecutivamente tenta parar e tentar entender o outro lado da questão,pois  é outra verdade: Toda história por mais corriqueira sempre possuí seus dois lados.E não é diferente nos casos da vida da gente. Tenho em mim a fé cristã, dela e nela vivo sem essas aberrações religiosas que nos deparamos por aí. Deus é muito mais simples que tudo isto. Não pense que estou levando o rumo desta conversa para outro lado não! Vai perceber que ainda estou falando dentro da mesma pauta.

Pois bem, dia a pós dia entre curativos, dores intermináveis, fiquei ponderando o motivo de não poder exercer uma das coisas que mais amo: Escrever. E nessas horas eu encho os ouvidos de Deus, questiono até os fios dos cabelos. Temos uma relação aberta, e nas madrugadas que tanto passo escrevendo, dessa vez passei pelas mesmas conversando com Ele. Sabe Diário, a vida tem umas atitudes tão duras com todos nós. Sim com todos, porque está em nós acharmos que a grama do vizinho é mais verde que a nossa, que a vida do outro é melhor ou mais fácil do que a nossa. No fundo não é, a de ninguém é, no fundo Diário cada um sabe onde lhe aperta o sapato. No entanto, falando das minhas, eu perguntei a Deus sobre o que Ele quer para mim? Tenho passado tantas dificuldades, tantas feridas abertas, tantas incompreensões que existe aquele momento em que a gente para e precisa parar, notei que eu não parava há tempos, e apesar das dores horrendas na bendita unha inflamada, percebi que na verdade quem queria um tempo comigo era Ele, uma forma de fazer parar, de marcar horário na minha agenda sempre tão atribulada, sentar na cadeira do tempo e me dizer:

_Agora, a senhorita vai ter que parar para me ouvir. - E quando escrevo isto quase posso imaginar o riso de Deus em falar a citação.Portanto, antes de seguir , quero te falar que muitos são os agentes e as razões que Ele nos faz parar.Doenças mais graves, problemas de toda sorte,não digo logicamente que Deus quer nos ver doentes ou sofrendo, estou afirmando sim, que como eu pare e perceba onde está sua inflamada que tão desesperadamente você deseja que se cure e alcance que Ele também quer um minuto na sua agenda que como a minha andava sempre tão abarrotada de quatro palavrainhas:

_Tenho que fazer isso!

Parece que quando ficamos mais velhos, embora mais experientes temos mais pressa com as coisas, afazeres,e afins. Estava me recheando de tantas coisas (físicas, espirituais e emocionais) sem me dar conta de que só necessito me abarrotar de coisas boas, de sentimentos bons, de pessoas que me amem, de amigos que realmente querem o meu bem e não abutres que se passam quando na verdade só estão ali para ansiosamente aplaudirem em seus corações vis a sua decorada final. E tem mais Diário, a gente sabe quem são, sabe que estão ali para isso, e ainda assim permitimos que ali perpetuem.

Preciso reformular minha vida em todos os sentidos, inclusive em minha escrita, e eu gostaria muito que você fosse o primeiro  saber. Jamais deixarei de literatura, mas haverá mudanças, elas necessitam acontecer pelos mais variados motivos, porém e principalmente porque Aquele que mais me ama,me conhece,me preserva me mostrou que esse é o melhor caminho, e Ele quando fala, não tem jeito,eu simplesmente obedeço com um riso lindo no rosto.

Descubra o que você precisa para continuar no caminho que te fará bem e tudo será cada vez maior.

Bye Diário!