Boto: O Prazer Vem Das Águas no Amazon!Confira!

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Borboleta

Josephine Wall

Deixei a minha casa – segura – e parti em busca de mim mesma. Perdida, procurava um espelho onde me visse como sou. Um local ermo. Onde não ouvisse as vozes que me confundem. Uma árvore, de onde me lançar, e experimentar as minhas asas, há tanto escondidas.
E, no meio da viagem, encontrei-te a ti. E quis ficar, porque vi. Em ti poderei despir-me ao chegar, adormecer nua, nunca terei frio.
Em ti posso voar.
Borboleta e mulher.