Quem sou eu?

Danka Maia é Escritora, Professora, mora no Rio de Janeiro e tem mais de vinte e cinco obras. Adora ler, e entende a escrita como a forma que o Destino lhe deu para se expressar. Ama sua família, amigos e animais. “Quando quero fugir escrevo, quando quero ser encontrada oro”.

ABANDONO PERMITIDO...Por Danka Maia







Deixe minha vida como uma casa na beira da estrada,
Com as mazelas da raça humana que por aqui passam.
Deixe-me aqui,
Com homens bons e maus,
Mas todos como eu,
Sem grandes atitudes,
Inertes a mãos,
Imóveis como este imóvel.
Todos em busca de algo que algum momento se perdeu.

Sim,eu sou a casa abandonada a beira da estrada,
Falta da presença de espírito,
Omissão do comparecimento do amor a si,
Me ensinaram o amor a ti,
Excluíram a missão do amor a mim.
Vejo pessoas marchando para o sul nesse caminho,
Elas vão,
Elas vem,
Um dia verão também o que vi,
E virão,
E ai se tornaram como eu,
E muitos de mim,
Serão uma vila,
Que será cidade,
Que será, que será, que será...
Que será?








Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Agora no Blog!

Total de visualizações de página

Danka na Amazon!

Siga Danka no Instagran

Danka no Wattapad

Curta Danka no Facebook!

Seguidores

Danka no Google+

Confissões Com Um "Q" De Pecado

Entrevistas

Danka no Google+!

Danka no Twitter

Danka no Skoob

Seguidores

Arquivo do blog