Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Deixou em Pedaços o meu Coração

Quem me dera se todos os bons fossem eternos,
Ah! Queria eu estar novamente perto de ti...
Queria te ouvir,
E, imitando-te, vestir seus ternos.

Queria eu estar olhando para seus olhos esbugalhados,
Tampados pelos óculos marrons,
Olhar da sua roupa os diversos tons,
Em tecidos diversos e espalhados.

Mas você foi,
E me deixou um consolo,
A beleza de tuas canções...

Não terei uma boa vida sem ti, e depois,
Não sei se me controlo,
Deixou em pedaços, o meu, e os nossos corações!

REGINALDO ROSSI, SENTIREI ETERNAS SAUDADES.

Simon-Poeta
em homenagem a Reginaldo Rossi (um dos meus cantores predilectos)