Quem sou eu?

Danka Maia é Escritora, Professora, mora no Rio de Janeiro e tem mais de vinte e cinco obras. Adora ler, e entende a escrita como a forma que o Destino lhe deu para se expressar. Ama sua família, amigos e animais. “Quando quero fugir escrevo, quando quero ser encontrada oro”.

Padre Fábio de Melo se emociona ao falar sobre polêmica envolvendo travesti



O padre revelou que terminou ficando amigo de Luana Muniz (Reprodução/ Instagram)
Sucesso nas redes sociais, o padre Fábio de Melo participou do ’Programa Eliana’, do SBT, neste domingo (27) e se emocionou ao relembrar um polêmica ocorrida em 2015, quando ele apareceu em uma foto ao lado do travesti Luana Muniz, no aniversário da cantora Alcione, e admitiu que se sentiu envergonhado por ser preconceituoso.
“A coisa que eu mais acho odiosa, como religioso, é toda vez que eu tenho a oportunidade de ver um instrumental religioso sendo usado para que a gente se sinta melhor que os outros. E eu confesso que quando encontrei a Luana - inclusive hoje corrijo a linguagem, porque no dia que eu dei essa palestra a minha ignorância me disse para chamá-lo de ‘ele’ -, senti toda aquela rejeição dentro de mim, sabe? Porque não foi natural, eu não quis estar perto dela”, contou o padre Fábio de Melo, com os olhos cheios de lágrimas.
O padre Fábio de Melo concluiu a história revelando que terminou ficando amigo de Luana. “Confesso que na hora que eu senti que eu rejeitava aquela criatura, que eu não era capaz de amá-la como Jesus amaria se estivesse ali naquele lugar, e eu me senti um fracassado. Porque tantos anos como cristão e eu me lembrei da minha mãe, de tudo o que ela me ensinou na vida, e se tem uma coisa que eu aprendi com ela, é isso, que não tenho o direito de me sentir melhor que ninguém. Eu acho que existem questões humanas que nos distanciam demais por causa disso. O outro estudou menos que eu, o outro tem uma escolha sexual diferente da minha… nada, absolutamente nada, deveria ser um impasse para o nosso encontro. "Eu fiquei amigo dela. Então de vez em quando a gente se fala. Logo no nosso primeiro contato ela me disse que tinha sido uma avalanche na vida dela, porque ela também não esperava aquilo, e o que foi mais interessante, uma iniciativa da Arquidiocese do Rio de Janeiro em ligar para ela, em procurar conhecer o trabalho, em oferecer ajuda. E ela disse: 'padre, o senhor não faz ideia do tanto de carolas, de beatas que vieram aqui querendo ajudar o nosso projeto’. Isso aconteceu e eu me sinto um vitorioso”, concluiu ele.


Fonte:yahoo

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agora no Blog!

Total de visualizações de página

Danka na Amazon!

Siga Danka no Instagran

Danka no Wattapad

Curta Danka no Facebook!

Seguidores

Confissões Com Um "Q" De Pecado

Entrevistas

Danka no Google+!

Danka no Twitter

Danka no Skoob

Seguidores

Arquivo do blog