Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

domingo, 7 de junho de 2015

Como Conquistar Uma Mulher em 15 Minutos!

“Não se deve exagerar no interesse”, diz autor de livro que promete ensinar a conquistar mulher em 15 minutos

 

 

"Ser decidido, cavalheiro e descontraído, sem exagerar no interesse." Essa é a receita para, em pouco tempo, despertar o interesse sexual feminino e criar uma conexão, segundo o coach de relacionamentos Eduardo Santorini


O autor Eduardo Santorini e a capa do livro recém-lançado: "O cara que manda várias mensagens ou liga muito a mulher pensa: 'ele tem algum problema'" (Foto: Divulgação)
 
Autor de "Como conquistar uma mulher em 15 minutos" (Astral, 160 págs., R$ 39,90), lançado em abril, o coach de relacionamentos Eduardo Santorini garante: a promessa do título é real. Tantos homens (o livro é só para eles) acreditaram que, em apenas um mês de vendas, a editora diz ter vendido mais de 10 mil cópias e precisar repor os estoques em dezenas de livrarias do país. Por telefone, o autor respondeu a quatro perguntas de Marie Claire.
 
MARIE CLAIRE - O que as mulheres procuram que um homem pode dar em 15 minutos?
EDUARDO SANTORINI -
Segurança. Ser decidido, cavalheiro e descontraído, sem exagerar no interesse. Nesse pouco tempo dá para começar uma conversa, despertar interesse sexual (com, por exemplo, um leve contato físico) e criar uma conexão. Ensino como no livro.

MC - Você desaconselha dar muita atenção?
ES -
Definitivamente. O cara que manda várias mensagens ou liga muito a mulher pensa: “Ele tem algum problema”. Isso é carência e, por mais que seja sincero, afasta as pessoas. Tem gente que reclama: “Então é um jogo?” É.

MC - Suas táticas não tratam as mulheres como objetos?
ES -
De maneira alguma. É uma forma de ajudar caras legais a encontrar mulheres legais. Vejo ambos os lados reclamando apesar de quererem a mesma coisa: se conectar.

MC - E como esse homem que lê seu livro lida com mulher que toma a dianteira?
ES -
Geralmente isso não acontece, a não ser com um percentual bem pequeno dos homens que são muito atraentes. Diria que ele lida na boa, desde que ela não demonstre interesse demais. Ao invés disso, a mulher pode também facilitar a abordagem do homem, por exemplo: ir até o balcão da balada para que ele possa chegar a sós, sem ter de irromper no grupo dela.


Fonte:Marie Claire