Boto: O Prazer Vem Das Águas no Amazon!Confira!

domingo, 2 de novembro de 2014

AS HISTÓRIAS MACABRAS DA DISNEY



O famoso mundo encantado de Walt Disney é uma das atrações mais famosas do mundo. Porém, com tanta história, alguns mistérios são pouco conhecidos, como construções secretas e comportamentos estranhos dos frequentadores. O site CNN listou oito itens que poucas pessoas sabem sobre o império de Walt Disney. Confira abaixo alguns segredos do mundo da fantasia:

1)Há cadáveres na Mansão Assombrada

O passeio pela Mansão Assombrada da Disney World é um dos mais assustadores do parque, mas não pela razão que você imagina. Em seu livro de 1944, Mouses Tales (Contos do Rato), o ex-funcionário do parque David Koeing conta a macabra história de um grupo de turistas que pediu um pouco de tempo extra no passeio para que pudessem realizar uma homenagem à um menino falecido de 7 anos de idade.

A Disney deu permissão à família, mas ao que parece, a homenagem foi apenas uma parte da história. Quando os enlutados foram vistos jogando uma substância em pó no local, a Mansão Assombrada foi imediatamente fechada, até que todos os restos pudessem ser limpos.

Mas, por incrível que pareça, esse fato não aconteceu isoladamente. Despejo de cinzas tem ocorrido em todo o parque, mas nem todas as pessoas tentam fazer isso escondido. Todos os anos, várias famílias pedem permissão para jogar os restos mortais de seus parentes e, de acordo com o porta-voz do parque, a resposta é sempre nãoA Disney deu permissão à família, mas ao que parece, a homenagem foi apenas uma parte da história. Quando os enlutados foram vistos jogando uma substância em pó no local, a Mansão Assombrada foi imediatamente fechada, até que todos os restos pudessem ser limpos.

Mas, por incrível que pareça, esse fato não aconteceu isoladamente. Despejo de cinzas tem ocorrido em todo o parque, mas nem todas as pessoas tentam fazer isso escondido. Todos os anos, várias famílias pedem permissão para jogar os restos mortais de seus parentes e, de acordo com o porta-voz do parque, a resposta é sempre não.

2) O parque possui os próprios gatos noturnos

A cada noite, na Disneylândia, após o encerramento das atrações, o parque se enche de gatos. Funcionários do parque afirmam que o amor aos felinos ocorre pelo fato deles ajudarem a controlar a população de ratos.

Segundo reza a lenda, os gatos apareceram em 1955 e, ao invés de gastar tempo perseguindo-os, os funcionários decidiram colocar estes animais para trabalhar. Hoje, é feito um controle de natalidade e os gatos que nascem no parque são enviados para a adoção.
 

3) É um lugar apreciado pelos exibicionistas

Pouco antes da queda brusca da montanha russa Splash, as câmeras da Disney tiram fotos instantâneas para pegar as expressões faciais das pessoas. Porém, no final dos anos 90, as fotografias começaram a serem usadas por pessoas que queriam se exibir.

Eram comuns fotos com pessoas com os seios de fora. Para isso, funcionários do parque começaram a monitorar os turistas desinibidos e a bloquear as fotos antes delas aparecerem no telão para todos verem. Com o tempo, o número de exibicionistas diminuiu.

Em 2009, o parque decidiu que não precisava mais de funcionários para monitorar as fotografias, pondo fim a um dos mais estranhos empregos do parque.

4) Bigodes não são bem-vindos

No início da Disney, o fundador do império exigia que seus funcionários trabalhassem bem barbeados. Por 43 anos, os trabalhadores do parque temático foram proibidos de cultivarem barbas, bigodes ou cavanhaques, mas esta norma caiu, finalmente, no ano 2000.

Porém, quando vários funcionários começaram a ficar barbudos, o parque resolveu mudar a regra novamente. As barbas não estão proibidas, mas é importante que o funcionário já a tenha quando for contratado ou a deixe crescer durante as férias.

5) A Disney World é uma cidade

Quatro anos depois de abrir o parque, em 1955, Walt Disney resolveu que era hora de expandir e, depois de escolher vários locais, optou por um lote de terra em Orlando, na Flórida. Porém, havia um obstáculo em seus planos. A terra do parque se espalharia por dois condados e estaria sujeita a duas administrações governamentais, o que resultaria em uma enorme dor de cabeça burocrática.
Funcionários do parque votaram pela construção de uma quadra de basquete. Deste modo, uma cesta foi colocada no local e, por questões de segurança, só pessoas autorizadas podem visitar o local.

Para resolver este problema, Disney pediu à Assembleia Legislativa da Flórida para deixar a empresa governar sua própria terra, tornando Disney World uma cidade separada.

6) Eles pintam a cidade de verde

As partes menos mágicas do parque como cercas, latas de lixo e prédios administrativos são revestidas com uma cor especial, conhecida como Go Away Green uma sombra que tem como objetivo camuflar objetos.

De acordo com funcionários do parque, não há uma fórmula definida da cor, mas alguns fãs já tentaram recriá-la, levando lascas de tinta, alguns disseram já conseguir reproduzir o efeito exato da tal tinta.

7)Você pode jogar basquete dentro da montanha russa

A Bobsled é uma das mais antigas e famosas atrações do parque da Disney, mas o que pouca gente sabe é que no interior da montanha se esconde uma quadra de basquete. Após a construção da montanha, que foi concluída em 1959, a estrutura ocupou dois terços da parte inferior do espaço. Mas então, o que fazer com o espaço extra?
Funcionários do parque votaram pela construção de uma quadra de basquete. Deste modo, uma cesta foi colocada no local e, por questões de segurança, só pessoas autorizadas podem visitar o local.
 
8)Clube VIP

Escondido atrás de uma parede verde no interior do parque há uma das atrações mais exclusivas e misteriosas do mundo de Disney: o Clube 33.

Walt Disney construiu o clube como um esconderijo secreto para as celebridades e, ele mesmo, foi para Nova Orleans escolher os enfeites e decorações para o ambiente. Durante 44 anos o clube funcionou, atendendo de Johnny Depp a executivos de empresas como Boeing e At & T.


A entrada no clube restrito é bem difícil. Demora cerca de 10 anos para sair da lista de espera e o valor da taxa de iniciação é de US$ 10 mil, além da anuidade de US$ 3,5 mil.



Fonte:http://vidaeestilo.terra.com.br/