Quem sou eu?

Danka Maia é Escritora, Professora, mora no Rio de Janeiro e tem mais de vinte e cinco obras. Adora ler, e entende a escrita como a forma que o Destino lhe deu para se expressar. Ama sua família, amigos e animais. “Quando quero fugir escrevo, quando quero ser encontrada oro”.

Solidão



Chamo, oh solidão pela
tua fria noite,
pelo acorde de tua
desilusão.

Chamo pelo frio de
teus caminhos vazios,
pelos cheiros de necrochorume
pela manhã.

Chamo pela terra molhada
e pelas placas, ossos,
escárnios, cruzes e
caixões...

Clamo pelo teu corpo feio
e pelo teu coração que já
não mais pulsa compassado
por ilusão.

Clamo pelas sombras
que são hoje tua alma;
Clamo pelos vermes do
teu tumulo.

Clamo pelo epitáfio que
jaz sobre tua cova, pelas
rosas que perfumam tua
decomposição, oh solidão!
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Agora no Blog!

Total de visualizações de página

Danka na Amazon!

Siga Danka no Instagran

Danka no Wattapad

Curta Danka no Facebook!

Seguidores

Danka no Google+

Confissões Com Um "Q" De Pecado

Entrevistas

Danka no Google+!

Danka no Twitter

Danka no Skoob

Seguidores

Arquivo do blog