Quem sou eu?

Danka Maia é Escritora, Professora, mora no Rio de Janeiro e tem mais de vinte e cinco obras. Adora ler, e entende a escrita como a forma que o Destino lhe deu para se expressar. Ama sua família, amigos e animais. “Quando quero fugir escrevo, quando quero ser encontrada oro”.

Tecedeira

Senta-te aqui
Neste tapete que teci
Para ti

A cor dos teus olhos
Foi a que escolhi
Para o detalhe do bordado
Feito por cima
Da linha que prendi
Nos tons do teu cabelo
Assim este manto que estendi
Descansa nele tuas asas.

Vem
Senta-te aqui
Neste tapete que teci
Para ti –
Diz a aranha
À borboleta.  


Foto: Christophe Gilbert


Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

6 comentários:

  1. Uau! Surpreendeste-me, Isa! E adoro quando isso acontece :)
    Excelente!

    ResponderExcluir
  2. :) Que bom, Dulce! É mesmo um poema que me saiu meio diferente! Ainda bem que surpreendeu! :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Perfeito Isa! Uma ótica que jamais pensei conceber,amei! Beijocas!

    ResponderExcluir
  4. Feliiiiiiiizzzzzzzzzzz, Danka! :)
    Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Isa a todo vapor no despertar do imaginário .
    Bravíssimo
    Bjs.

    ResponderExcluir

Agora no Blog!

Total de visualizações de página

Danka na Amazon!

Siga Danka no Instagran

Danka no Wattapad

Curta Danka no Facebook!

Seguidores

Confissões Com Um "Q" De Pecado

Entrevistas

Danka no Google+!

Danka no Twitter

Danka no Skoob

Seguidores

Arquivo do blog