Quem sou eu?

Danka Maia é Escritora, Professora, mora no Rio de Janeiro e tem mais de vinte e cinco obras. Adora ler, e entende a escrita como a forma que o Destino lhe deu para se expressar. Ama sua família, amigos e animais. “Quando quero fugir escrevo, quando quero ser encontrada oro”.

Multidão escravizada

Voltando meus olhos para aquela multidão
Pude ver claramente o que os acorrentaram
Toda dor e o medo de viver, os dominaram
Pois suas vidas foram tiradas na destruição

Homens hipócritas cegos por suas injúrias
Formaram olhos de medos aos desastres
Aliando-se aos famintos desejos covardes
Criando maldições alimentadas em fúrias

Voltei meu pensar a tão triste multidão
Então consegui ver o que tanto desejava
Oportunidade de mostrar o que é valor

Aqueles homens hipócritas sem coração
Mataram a esperança que a sustentava
Perderam a vez de saber o que é o Amor
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Agora no Blog!

Total de visualizações de página

Danka na Amazon!

Siga Danka no Instagran

Danka no Wattapad

Curta Danka no Facebook!

Seguidores

Danka no Google+

Confissões Com Um "Q" De Pecado

Entrevistas

Danka no Google+!

Danka no Twitter

Danka no Skoob

Seguidores

Arquivo do blog