Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

domingo, 8 de março de 2015

Jovem descobre que noivo fingiu a própria morte para evitar casamento


Britânica recebeu a ligação de um homem dizendo que o ex havia se jogado na frente de um carro após sofrer de depressão. A mãe do americano desmentiu a história

JOVEM DESCOBRE QUE NOIVO FINGIU A PRÓPRIA MORTE PARA NÃO SE CASAR  (Foto: REPRODUÇÃO/YOUTUBE) 
O dia mais esperado da vida de uma britânica de 23 anos se tornou um pesadelo depois que seu noivo inventou uma história inusitada para escapar do casamento. Tucker Blandford, dos Estados Unidos, fingiu a própria morte para não subir ao altar. 
Alex Lancaster já havia comprado o vestido de noiva, escolhido os convites e comprado a passagem aérea para o noivo vê-la no Reino Unido. Tudo estava encaminhado até que a jovem recebeu um telefonema de um homem dizendo ser o pai de Blandford. 
"Ele disse que o Tucker estava profundamente deprimido e queria morrer, então se jogou na frente de um carro", disse ao site Yahoo. '"O homem explicou estavam tentando levar Tucker a uma clínica psiquiátrica para buscar ajuda. Mas era tarde demais", contou. "Eu não conseguia respirar. Foi absolutamente devastador", lembrou. 
Após de desligar o telefone e se recuperar do choque, Lancaster ligou para a família do noivo pouco tempo depois. A mãe do americano atendeu e não tinha ideia da história que o filho havia inventado. 
"Ela disse que Tucker estava absolutamente bem, mas pensava que nós dois havíamos nos separado. Ela não sabia nada sobre o casamento", contou ao site Reveal. Despois deste dia, Lancaster decidiu nunca mais ter nenhum contato com o ex. "Acho que nunca irei perdoá-lo". 
Blandford reconheceu o erro, pagou pelas despesas do vestido, passagem e convites e tentou mandar mensagens para se desculpar. 
"Sou uma pessoa terrível, péssima. Sei que não deveria ter dito que estava morto, mas não sabia mais o que fazer", afirmou ao site Daily Mail. "Alex é uma garota incrível, mas fiquei assustado e queria deixar o relacionamento. Estava indo rápido demais e, estando em países diferentes, ficava muito difícil". 
O casal se conheceu quando cursaram faculdade juntos em Connecticut, nos Estados Unidos. Desde então, permaneceram juntos até a "morte" do americano. 
Ironicamente após o rompimento, Lancaster encarou uma nova carreira profissional vendendo lembranças de casamento.